NOTÍCIAS

Padre italiano diz que sismos no país foram castigo de Deus pelas uniões gays

Segundo o jornal português, Diário de Notícias, o padre italiano Giovanni Calvalcoli classificou os sismos, que recentemente abalaram a região central da Itália, como um “castigo divino”. Foi em conversa com a Rádio Maria, responsável pela programação católica em, pelo menos, 59 países do mundo inteiro, que o religioso defendeu a tese de que os abalos eram fruto da ira de Deus. Mas Calvalcoli não se ficou por aí…

 

O padre foi ainda mais longe e acrescentou que o motivo do castigo se justificava pelas “ofensas à família e à dignidade do casamento, em particular através das uniões civis” dos casais gays. Assim que as palavras do religioso se espalharam por todos os meios de comunicação, uma onde de revolta se instalou e o Vaticano viu-se obrigado a reagir.

 

Apesar das críticas dos populares, da Santa Sé e do arcebispo Angelo Becciu, que sublinhou que as palavras do padre eram uma ofensa para os crentes e uma desgraça para os não crentes, Cavalcoli não quis retirar uma vírgula que fosse à tese que defendeu e ainda aconselhou o Vaticano a reler o catecismo.

Leia Também

ARTIGOS RELACIONADOS

error: Conteúdo Protegido!

AdBlock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios.