3 motivos para você deixar de ver filmes pornôs agora mesmo

Eles parecem excitantes, mas escondem barbaridades por trás dos bastidores.

Por: Carolina Mello 09/01/2017 - 23:27
Site: Arca.
Compartilhar

Muitos religiosos deixam de se relacionar sexualmente antes do casamento realizado no civil e religioso, entrando em movimentos que cultuam a virgindade, mas eles acabam satisfazendo seus desejos através de filmes pornográficos. Embora as cenas pareçam muito excitantes elas escondem muita coisa ruim por trás das câmeras.

1 Os atores vivem doentes e machucados

Há uma troca de fluidos muito grande, por causa do rodízio de parceiros. Eles são obrigados a realizarem exames de doenças sexualmente transmissíveis de tempos em tempos, mas nos intervalos podem contrair e transmitir, infectando muitas pessoas. É comum eles ficarem machucados, gripados e com infecções constantemente. Não são poucos que são hospitalizados.

2 As cenas não retratam um ato sexual natural

Muitos atores fazem uso de drogas para suportar a dor e o sofrimento ao fazer as cenas. Múltiplas penetrações, imobilizações, violência, horas gravando, deixando-os exaustos. Como se não bastasse ainda têm de fingir prazer. Há também que faça uso de medicamentos para aumentar o tempo de ereção, se expondo a mais riscos.

3 Quando infectados, eles são abandonados pela indústria pornô sem nenhum ressarcimento

É possível acompanhar na mídia vários depoimentos de ex-atores/atrizes pornôs relatando maus tratos e abandono, principalmente depois de ficarem doentes. Eles não são indenizados e não recebem nenhum tipo de acompanhamento médico ou psicológico. As empresas quebram contratos descartando-os como lixo.

O relacionamento cristão é baseado no amor, e ele também deve existir no ato sexual. Nada é proibido, mas tudo que for realizado entre o casal deve haver consentimento dos dois. É possível ter uma vida sexual saudável, com respeito pelo outro.

Os filmes pornográficos muitas vezes são vistos por jovens sem experiência e acabam influenciando uma cultura de violência, e de idealizações fantasiosas de performances sexuais que não condizem com a realidade.

Infelizmente há quem use filmes adultos como forma de educação sexual, influenciando uma geração de pessoas imprudentes, pois contém cenas de sexo sem proteção, com violência e desrespeito. As cenas não são reais, e os jovens acham que podem reproduzir o que viu, não tendo muito sucesso.

 A pornografia também pode viciar, de modo que quando o sujeito for fazer sexo de verdade não consiga satisfazer sua parceira e nem a si mesmo, pois o que ele idealiza de um relacionamento sexual foi baseado em algo fantasioso e superficial.



O Portal 1News Brasil visa trazer conteúdo autêntico e informativo aos seus leitores, mas não é responsável pelos artigos publicados por seus colunistas. Estes são de inteira responsabilidade do colunista que o fez, incluindo opiniões íntegras ou parciais a respeito dos assuntos abordados.

Leia Também


Comentários


VENHA FAZER PARTE DO
1NEWS BRASIL

O Portal 1News Brasil é a primeira plataforma
de jornalismo independente 100% brasileira.

Alcance milhares de leitores com artigos relevantes
Ganhe dinheiro com os acessos em seu artigo
Utilize suas redes sociais para divulgar seus artigos
e faturar cada vez mais

Cadastre-se e Comece a Ganhar



Entrar Fechar

Esqueceu a senha?