Seus seios caíram? Saiba como reverter essa situação sem cirurgia

Especialista fala sobre novas tecnologias e tratamentos disponíveis no mercado que prometem levantar sua autoestima de uma vez por todas

Por: Marli Prado Ulprist 31/10/2016 - 17:12
Reprodução
Compartilhar

Boa parte da população feminina sofre por causa de um problema que certamente ocorrerá em algum período de sua vida e deixará sua autoestima para baixo: seios caídos. Seja pela força da gravidade, perda de peso, herança genética ou outros motivos, qualquer mulher corre o risco de ficar com seios flácidos e caídos.

Segundo a Dra Daniela Ribeiro, médica dermatologista, isso acontece porque com o passar do tempo as fibras de sustentação dos seios se tornam mais frágeis devido ao aumento e diminuição do tamanho das mamas. Essas oscilações provocam perda de duas substâncias que garantem a manutenção da elasticidade da pele, o colágeno e a elastina.

Esse processo acontece quando se engorda, emagrece e até mesmo durante o período pré-menstrual. E quando o problema aparece é preciso recorrer às alternativas para deixar os seios bonitos novamente: sutiãs que levantam, sérum com nutrientes específicos e exercícios.

Para uma parcela das mulheres a cirurgia plástica é a única solução para o problema. Para a Dra. Daniela ela pode ser uma boa saída para a situação. A cirurgia de lifting, por exemplo, traz resultados maravilhosos, diz a Dra.

Tratamentos e novas tecnologias

Se a flacidez é a grande inimiga que ameaça a beleza feminina a partir de agora não há com o que se preocupar, pois existe um tratamento para levantar a mama e sua autoestima sem cirurgia. Segundo a Dra Daniela há excelentes alternativas não invasivas e indolores disponíveis. Veja abaixo alguns deles:

- Exilis Elite: usa radiofreqüência monopolar e ondas de UltraSom para gerar calor no tecido mamário. Este calor intenso acumula-se no colágeno, na pele flácida da mama, fazendo-a parecer mais firme, ajuda a contrair os ligamentos presentes no tecido mamário, o que dá a ele um efeito lifting global, mas sem os efeitos colaterais dessa cirurgia. O procedimento pode variar de pessoa para pessoa, mas não há dor, anestesia, cortes, cicatrizes e infecção. O tratamento engloba de 4 a 6 sessões feitas 1x por semana.

- NIR (near Infra-Red): utiliza o infravermelho para estimular o colágeno e promover um efeito chamado de tighten ou contração. A pele fica normal após o tratamento que inclui de 4 a 10 sessões com intervalos de 21 dias.

- Clearlift (Elektra) Laser de Q-Switched: muito utilizado para remoção de manchas e tatuagens. Entretanto a novidade é que esse procedimento está sendo usado para estímulo do colágeno da região das mamas para levantar os seios sem causar irritações e sem deixar a pele marcada podendo ser feito em qualquer época do ano.

 

- Sculptra: a base de ácido polilático e estimula o colágeno através de injeções do produto que ajudam a dar um discreto volume e tratar a flacidez em excesso, melhorando a pele. Em geral é feito em 3 sessões com intervalos de 1 mês e a dor é bastante tolerável.

Leia Também


Marli Prado Ulprist

Marli Prado Ulprist, jornalista e assessora de imprensa. É redatora e sócia-fundadora da 1 News Brasil.

Comentários


VENHA FAZER PARTE DO
1NEWS BRASIL

O Portal 1News Brasil é a primeira plataforma
de jornalismo independente 100% brasileira.

Alcance milhares de leitores com artigos relevantes
Ganhe dinheiro com os acessos em seu artigo
Utilize suas redes sociais para divulgar seus artigos
e faturar cada vez mais

Cadastre-se e Comece a Ganhar



Entrar Fechar

Esqueceu a senha?