Racismo: polícia descobre 7 pessoas no caso 'Bruno Gagliasso'

Filha adotiva do ator e de Giovanna Ewbank, sua esposa, foi vítima de racismo nas redes sociais.

Por: Bruno Araújo 20/12/2016 - 16:39
Reprodução / Globo

Racismo ainda tem vez e voz nas redes sociais, mas enganam-se aqueles que pensam estar anônimos atrás das telas do computador ou celular. A Polícia carioca, apreendeu um menor e encontrou mais 7 pessoas que estariam ligadas ao caso de injúria racial contra a filha dos atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank.

Após o casal postar a foto de sua filha adotiva nas redes sociais, os mesmos sofreem com comentários que insinuaram que 'o casal não combinava com a criança', um dos envolvidos no caso é um menor de 14 anos de idade, embora os atores tenham registrado queixa no Rio de Janeiro, a polícia chegou a prováveis envolvidos em duas cidades paulistas, Guarulhos e Itaquaquecetuba.

A polícia já informou que o adolescente confirmou envolvimento nos ataques de injúria racial proferidos contra a criança, ainda de acordo com os investigadores a menor criou um perfil falso nas redes sociais para praticar os atos de racismo.

Centro Integrado de Inteligência e Controle do Estado de São Paulo e do Grupo Armado de Repressão a Roubos (GARRA), auxiliou a Polícia carioca na busca pelos envolvidos em terras paulistas.

Bruno Araújo

Sócio-fundador do portal 1News Brasil. Contato: [email protected]

Leia Também

Comentários


VENHA FAZER PARTE DO
1NEWS BRASIL

O Portal 1News Brasil é a primeira plataforma
de jornalismo independente 100% brasileira.

Alcance milhares de leitores com artigos relevantes
Ganhe dinheiro com os acessos em seu artigo
Utilize suas redes sociais para divulgar seus artigos
e faturar cada vez mais

Cadastre-se e Comece a Ganhar



Entrar Fechar

Esqueceu a senha?