Por que as produções teledramatúrgicas de hoje em dia não têm o essencial

Muitas pessoas têm percebido hoje em dia e até comentado que falta algo às novelas e séries atuais, porém não sabem bem o que é. Afinal, é tudo tão bem produzido, tão bem feitinho, tão lindo… Porém, falta o principal: emoção. É a emoção que segura uma trama, seja ela curta ou longa, e se equivoca se pensa que ela pode se perder ao longo do caminho ou que uma hora o telespectador cansa. Se a trama for boa e souber segurar o público, ele vai querer vê-la até o fim. 

Constantemente, as novelas e séries atuais estão mais preocupadas em manter o padrão estético bonito, uma direção primorosa e um sem fim de coisas bonitas para o telespectador, mas o principal, que é mexer com as emoções dele, fazê-lo rir, chorar, suspirar, isso raramente acontece. No entanto, há séries que quebraram um pouco essa barreira do estético, como ’13 Reasons Why’, cuja primeira temporada seduziu muitas pessoas e inclusive falou de temas importantes com sensibilidade e criatividade. Na área das novelas, “A Força do Querer” voltou a emocionar, sempre se pode ver citações à novela no Twitter, onde são elogiados os casais da trama e os assuntos de relevância social. 

Mas, ainda assim, parece que as tramas, sejam séries ou novelas, já não emocionam como antes. Várias pessoas comentam isso, criticam as fórmulas que utilizam e acham que os gêneros já estão desgatados. As donas de casa, por exemplo, devem recordar com muita nostalgia novelas como “A Gata Comeu”, “Pai Herói” e “Laços de Família”, numa época onde praticamente não existia internet ou ela era limitada a poucas pessoas, porém tinha emoção, o público se sentia parte daquela trama; os jovens, apesar de curtirem as séries atualmente, também devem recordar com muita saudade as de antigamente, que fazia perderem o fôlego: “Lost”, “Castle” e as primeiras temporadas de “Criminal Minds”. Não dá para negar que hoje em dia há muitos produtos bons, seja qual gênero for, mas será que o foco de todas continua sendo o mesmo de antes: a emoção? 

 

Leia Também

ARTIGOS RELACIONADOS

error: Conteúdo Protegido!

AdBlock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios.