NOTÍCIASPolicial

Elize Matsunaga é condenada a 19 anos e 11 meses de prisão em regime fechado

Na madrugada dessa segunda-feira (05), um dos crimes mais famosos e com maior repercussão no país, o caso de Elize Matsunaga, que matou e esquartejou seu marido, Marcos Matsunaga em maio de 2012 teve seu veredito final. Após um longo julgamento, a decisão do júri (composto por quatro mulheres e três homens) foi a de condenar Elize como culpada da morte e posterior esquartejamento do marido. A sentença final decretada pelo juiz Adilson Paukoski Simoni foi a de 19 anos e 11 meses de prisão em regime fechado.

A Justiça de São Paulo entendeu que a bacharel em Direito, Elize Matsunaga agiu de forma premeditada ao cometer o crime contra seu marido, que era diretor e herdeiro da empresa Yoki.

Crime

 

Em 19 de maio de 2012, após descobrir uma traição, Elize teria dado um tiro na cabeça de seu marido, após uma breve discussão no próprio apartamento do casal em São Paulo. Para se livrar das provas do crime, Elize Matsunaga teria esquartejado o corpo em seis partes e colocado as partes em três mochilas e sumido com as mesmas em lugares afastados da cidade de São Paulo.

Leia Também

Rodrigo da Silva Monteiro

Apaixonado pela arte da escrita e pela informação, comprometido com a verdade. Deixe sua opinião, comente as matérias, sua opinião é muito importante para nós.

ARTIGOS RELACIONADOS

error: Conteúdo Protegido!

AdBlock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios.