A doce recuperação das plantações de cacau do sul da Bahia

É com alegria e satisfação, que assisti recentemente uma reportagem, no canal por assinatura GLOBONEWS, sobre a recuperação da produção de cacau e a fabricação de chocolate orgânico no sul da Bahia, na região de Ilhéus. O Brasil passou de 2° maior produtor de cacau do mundo, para importador do produto, na década de 80, quando um terrível fungo conhecido popularmente como vassoura-de-bruxa infestou e destruiu as plantações de cacau da região.

Foi uma catástrofe. Produtores de cacau e exportadores perderam tudo, indo a falência. Mais de 300.000 trabalhadores ficaram desempregados e estima – se que o prejuízo tenha beirado os 10 bilhões de dólares. Na época, chegou-se a suspeitar de terrorismo biológico internacional  praticado por outros países produtores do fruto.

Infelizmente, a história era outra, e nem o famoso e inesquecível escritor Jorge Amado, poderia ter imaginado um capítulo tão perverso e cruel para esse episódio nacional : foram os próprios brasileiros que introduziram essa praga nos cacaueiros bahianos. Na tentativa de trazer prejuízo aos fazendeiros da região, um grupo de técnicos da CEPLAC, órgão responsável por zelar pelo desenvolvimento do cacau, filiados ao PT, buscaram no norte do país  (Rondônia e Pará) folhas e ramos infectados pelo fungo vassoura-de-bruxa. Essas amostras de plantas doentes foram trazidas de ônibus, em diversas viagens, durante aproximadamente 3 anos, e introduzidas nas plantações sadias das fazendas.

Para que a sabotagem tivesse o efeito letal desejado, os terroristas petistas, amarravam ramos infectados com o fungo às plantas sadias, deixando que a natureza e o tempo disseminassem a destruição. A história é tão cruel que parece fantasiosa, sendo assim, sugiro que procurem no Google : terrorismo biológico nos cacaueiros do sul da Bahia na década de 80. Está lá registrado,  com riqueza de detalhes, o que acabo de relatar.

Há muito esse partido vem trazendo prejuízo e destruição do patrimônio público nacional. Uma triste realidade histórica que a imprensa atual tenta à todo custo amortizar e esconder do cidadão brasileiro mais jovem. A realidade dos fatos não pode ser ignorada sob pena de repitirmos os nossos erros e equívocos no futuro.

Distorcer a realidade, ampliá – los e publicá – los insistentemente na mídia jornalística, é uma política comum praticada por jornalistas simpatizantes da esquerda, principalmente quando o delito é praticado por setores considerados da “direita”, a Polícia Militar e as nossas Forças Armadas que o digam. Por que não utilizam a mesma política quando delitos são praticados por aqueles que se vergam ao pano vermelho? 

Esta melancólica história de sabotagem à economia nacional precisava ter sido melhor investigada e seus mentores intelectuais e executores punidos de forma exemplar.

Infelizmente, como é comum nos governos petistas, ninguém sabe e muito menos viu absolutamente nada. 

Outro detalhe interessante, é que os principais suspeitos de terem praticado este ilícito, foram agraciados com a Prefeitura de Itabuna BA, pelo PT, na época, e com cargos em Brasília ( no governo Lula, talvez um prêmio pelo “ato heróico de sabotagem” praticado em nome de um projeto de poder macabro).

Para finalizar, mais uma vez fica claro para quem quiser enxergar, que o real desenvolvimento econômico e social, só é possível com uma política honesta que estimule a iniciativa privada e o empreendedorismo individual, o que gera riqueza e distribuição de renda. Atacar e destruir quem produz não resolve o problema, apenas dissemina a miséria e a pobreza.

Através do desenvolvimento de mudas clonadas de cacau resistente a este fungo, a região cacaueira de Ilhéus BA, vem se recuperando e devolvendo a prosperidade roubada a esta bela região do país. Associados à recuperação das plantações, o beneficiamento local da semente e a produção de um fino chocolate orgânico, tem agregado mais valor ao produto e atraído riquezas e investimento à região. 

O ecoturismo que tem sido outra importante fonte de renda para os habitantes destes municípios, já que a preservação da mata atlântica é de fundamental importância para a cultura cacaueira que depende da sombra destas florestas. 

Felizmente, apesar da maldade e do egoísmo humano, está triste história parece estar tendo um doce final. Nós brasileiros honestos e preocupados com o destino de nossa nação, não podemos, jamais, permitir que fatos semelhantes à este se repitam em nosso país.

Como bem evidencia a propaganda do atual governo, “Precisamos tirar o Brasil do vermelho.”

 

O Portal 1News Brasil visa trazer conteúdo autêntico e informativo aos seus leitores, mas não é responsável pelos artigos publicados por seus colunistas. Estes são de inteira responsabilidade do colunista que o fez, incluindo opiniões íntegras ou parciais a respeito dos assuntos abordados.

Leia Também

ARTIGOS RELACIONADOS

error: Conteúdo Protegido!

AdBlock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios.