SaúdeVARIEDADES

Ingerir altas doses de cafeína pode levar à morte?

Após consumir três tipos de bebidas com alta concentração de cafeína, um americano de 16 anos morreu em apenas duas horas. Davis Allen Cripe ingeriu, seguidamente e bem rápido, um café latte do McDonalds, uma bebida energética e um refrigerante de cor verde-limão da marca Mountain Dew. Logo em seguida, ele foi acometido por uma arritmia cardíaca, o que fez ele ter um desmaio em sua escola, no estado da Carolina do Sul. O estudante faleceu uma hora depois do desmaiar.


Os médicos constataram e o legista Gar Watts confirmou que a causa da fatalidade do adolescente foi “um evento cardíaco induzido por cafeína que resultou em arritmia”. O legista porém, informou que não houve uma overdose da substância.

Watts disse também q a causa da morte só foi esclarecida por conta dos testemunhos das pessoas que assistiram Davis Cripe ingerir os energéticos. O jovem nunca teve nenhum caso de arritmia cardíaca antes do ocorrido e podia ser considerado como um jovem saudável, por parentes e médicos.

O legista fez questão de frisar que não foi a quantidade cafeína que foi ingerida e sim o intervalo de tempo que foi muito curto e acabou ocasionando a arritmia.

Leia Também

ARTIGOS RELACIONADOS

error: Conteúdo Protegido!

AdBlock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios.