Mis Planes Son Amarte: opinião de fã sobre o novo álbum de Juanes

Juanes lançou em todas as plataformas digitais imagináveis (Vevo, YouTube, Deezer, Spotify, Tidal, Google Music, Apple Music, etc) o seu novo álbum, Mis Planes Son Amarte, que chega fortíssimo no Grammy Latino 2017, com 12 ótimas canções e 12 vídeos incríveis, intitulado assim álbum visual.

Tratando-se de Juanes e da sua maestria em escrever e entoar canções que são verdadeiras obras primas, não irei opinar de maneira dissertativa, que fique avisado antes! (Clique no nome das músicas para ser direcionado ao clipe delas no YouTube).

1 – Perro Viejo: Canção de abertura do álbum, a considero uma grande música, com 3:16min de duração em muito estilo. Calma e com uma batida leve, mostra que Juanes se reinventou.

2 – Angel: Juanes realmente focou em canções leves, mas não ‘paradas’, e Angel consolidou isso, sendo divulgada após Fuego e Hermosa Ingrata. Angel é dançante mas não segue a linha La Luz, do álbum Loco de Amor (2014), cuja inclusive teve a participação de Claudia Leitte na versão em português.

3 – Fuego: Grande sucesso deste álbum até então, Fuego foi divulgada no segundo semestre de 2016 e já conta com mais de 60 milhões de ouvintes no Spotify. Sucesso é a definição para esta que se firma como o hit do álbum.

4 – Alguna Vez: Fonseca e Juanes cantando juntos é simplesmente fantástico! Uma obra prima musical, que já mostra-se um sucesso nas plataformas digitais. Leve, gostosa de ouvir e com tudo para ser o outro hit do álbum.

5 – El Ratico: Me arrisco a dizer que é uma das melhores do álbum. É difícil dizer que há uma canção superior às outras, porque todo o Mis Planes Son Amarte é incrível, mas El Ratico, com a participação de Kali Uchis, era, sem dúvidas, a ‘melhor’ antes do álbum ser lançado, na última sexta-feira (12/05).

6 – Hermosa Ingrata: Divulgada depois de Fuego, Juanes cantou no Prêmio Lonuestro 2017 e a música já passou dos 10 milhões de ouvintes no Spotify. Não é espetacular, fantástica, mas tem seus méritos. Sem dúvidas uma ótima canção.

7 – Bendecido: Não é a melhor do álbum, mas deixa explícito que o colombiano se adaptou a novas formas musicais e se reinventou da melhor maneira possível.

8 – Es Tarde: Divulgada semanas atrás nas plataformas digitais, Es Tarde é muito gostosa de ser ouvida. Refrão consistente e estrofes breves, objetivas e com uma pegada dançante.

9 – Actitud: Não poderia faltar guitarra, não é? Mas com uma batida totalmente diferente de Me Enamora, grande sucesso do álbum La Vida… Es Un Ratico. Es Tarde, em letra, é como A Dios Le Pido e No Creo En El Jamás, levantando preocupações humanitárias e, claro, uma tomada de atitude a respeito.

10 – Mis Planes Son Amarte: Música-título do álbum, a canção me lembrou um ‘estilo de Jazz’ cantado por Michael Bublé. Bastante calma, Mis Planes Son Amarte é incontestávelmente uma música incrível!

11 – Goodbye For Now: Juanes ‘se enamorou’ desta canção e resolveu gravá-la. O colombiano não havia gravado uma música toda em inglês até então, e Goodbye For Now, para mim, está longe de ser a melhor canção do álbum, mas é sim a continuação deste trabalho fantástico do Juanes.

12 – Esto No Acaba: Música maravilhosa, batida incrível! Desde o dia 12 não me canso de ouvir! Sem palavras, só ouvindo! Juanes encerrou com chave de ouro este álbum de diamante.

No balanço geral, sendo suspeito a opinar por ser fã, Juanes fez uma obra prima que deve ser apreciada sem moderação. Para mim, Lucas Morais, redator do 1News Brasil, Angel, Bendecido, Actitud e Goodbye For Now são as menos fantásticas do álbum. Já El Ratico, Esto No Acaba e Mis Planes Son Amarte são extraordinárias.

Leia Também

Lucas Morais

Redator do 1News com passagens por outros notáveis portais brasileiros. Escreve desde 2013 e tem como primor a música latina.

ARTIGOS RELACIONADOS

error: Conteúdo Protegido!

AdBlock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios.