NOTÍCIASPolítica

‘Garotinho ofereceu R$ 5 milhões para não ser preso’, afirma procuradoria

A Polícia Federal recebeu o pedido de um inquérito, da Procuradoria Regional Eleitoral do Rio, solicitando que sejam averiguadas as denúncias de que Anthony Garotinho teriam tentado subornar um juiz. O ex-governador foi preso na última quarta-feira (16), acusado de comprar votos em Campos dos Goytacazes. Garotinho já foi transferido de Bangu para o Hospital Quinta D’or, onde fará uma série de exames médicos, sendo que a transferência foi autorizada pela juíza Luciana Lóssio.

A acusação é de que Garotinho ofereceu uma quantia milionária para não ser preso. Sidney Madruga, procurador regional eleitoral, informou que uma oferta de suborno tinha o valor de R$ 1,5 milhão e a outra era de R$ 5 milhões. O dinheiro teria sido oferecido em troca de favores para “relaxar” a investigação sobre ele.

Ainda de acordo com o procurador, houve uma tentativa de interferência no trabalho da Polícia Federal e isso precisará ser investigado. Até ameaças veladas contra um promotor eleitoral em Campos teria ocorrido. Sidney Madruga afirmou que essas tentativas de impedir que a Justiça faça seu dever não ficaram impunes.

 

Leia Também

Russel

As últimas notícias sobre famosos, tecnologia, política, mundo, redes sociais, filmes, séries, músicas, cinema, futebol, esporte em geral, automóveis, smartphone, beleza, saúde, dieta, economia, dicas e muito mais! Você ainda confere muitas dicas e fica por dentro do que é notícia no Brasil e no mundo. Continue nos prestigiando com sua visita e deixe seus comentários em nossas matérias, sua opinião é muito importante para nós.

ARTIGOS RELACIONADOS

error: Conteúdo Protegido!

AdBlock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios.