MúsicaTV E FAMOSOS

Milli Vanilli: relembre a maior fraude da música pop de todos os tempos

Quem viveu nos anos 80, com certeza vai lembrar deste nome: Milli Vanilli. Uma dupla alemã que ganhou até um Grammy, um verdeiro ícone da música dessa década, mas que foi desmascarada de forma impiedosa.

Tudo começou no ano de 1988, quando Frank Farian, um produtor musical, teve uma ideia genial. Em busca de dinheiro fácil e rápido, o produtor montou uma banda no estilo reggae e dance music, com Fab Morvan e Rob Pilatus, que eram ótimos dançarinos. O sucesso foi instantâneo. 

A dupla estourou no mundo inteiro entre os anos de 1988 e 1990. Neste período eles conseguiram emplacar cinco sucessos: “Girl You Know It’s True”, que alcançou a 2ª posição nas paradas americanas, “All or Nothing”, que ficou em 4°, e os 3 primeiros lugares “Baby Don’t Forget My Number”, “Girl I’m Gonna Miss You” e “Blame It On the Rain”. Mas algo deu errado.

No ano seguinte do estouro da dupla, em 1989, eles faziam um show que era transmitido ao vivo pela MTV, quando de repente o playback travou. “Girl you know It’s… girl you know It’s…” ficou repetindo na frente de 80 mil pessoas. Até aí você pensa, ‘ok, acontece”. Sim, acontece. Mas o problema é que o show havia sido anunciado pela MTV como sendo “ao vivo”. A MTV mentiu? Não foi bem assim. A história é muito pior! Primeiro, assista o momento em que o playback travou:

Na época o caso gerou bastante repercussão, pois os críticos estavam bem desconfiados, mas, como não tinham provas de nada, o assunto foi tratado como especulação. No ano seguinte, em 1990, Milli Vanilli ganhou o Grammy de Melhor Artista Estreante pela música “Girl You Know It’s True”. Mas, e o público esqueceu do episódio em que o playback travou? Não, o assunto só ganhou força!

No fim do ano de 1990, o então produtor Frank Farian resolveu abrir o jogo, o que seria a maior fraude da história da música pop. Fab Morvan e Rob Pilatus não eram os verdadeiros cantores dos sucessos, inclusive “Girl You Know It’s True”, vencedora do Grammy. Os verdadeiros intérpretes eram Charles Shaw, John Davis, e Brad Howell que também estavam no palco, mas como backing vocals na banda. A explicação: Frank decidiu colocar os dois como sendo os cantores da banda pelo fato de possuírem uma boa imagem, ou seja, era mais fácil vender.

Mas, se ninguém tinha nenhuma prova, o sucesso estava só crescendo, qual o motivo de Frank revelar o tal segredo? A dupla estava fazendo pressão nele para cantar no próximo álbum. Isso aconteceu anos depois. Fab Morvan e Rob Pilatus gravaram um disco com suas vozes, e o resultado foi um só: massacre!

A partir daí, aquela banda de sucesso simplesmente virou “pó”. Perderam o contrato com a gravadora, teve o Grammy cancelado e ainda tiveram que fazer o reembolso para cerca de 10 milhões de pessoas que tinham comprado o disco da banda. Ah, e o “pó” também fez parte da vida de Rob. Ele entrou em depressão e se tornou um viciado em cocaína. Além disso, outro fato que repercutiu em 1995 foi a tentativa de suicídio dele. Rob cortou os pulsos e ainda ameaçou se jogar da janela de um hotel na cidade de Los Angeles. Em 1995, ele foi preso acusado de assalto e agressão. Ficou meses fechado até que Farian bancou as despesas para o tratamento dele em uma clínica de recuperação. Ele foi encontrado morto em 1998 por overdose. Fab Morvan tentou sua carreira solo, DJ e até locutor, mas sem sucesso.  

 

Relembre agora um dos maiores sucessos de Milli Vanilli, o maior fiasco da música de todos os tempos.

Leia Também

Nellysson Silva

Sócio-fundador do portal 1News Brasil. Quer falar comigo? Fique à vontade: nellysson@1news.com.br

ARTIGOS RELACIONADOS

error: Conteúdo Protegido!

AdBlock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios.